A sua empresa usa o streaming, seja com transmissões ao vivo ou VoD (Video on Demand)? Se a sua marca cria conteúdo desse tipo, é bom observar algumas estatísticas para saber se esse trabalho está alcançando resultados satisfatórios.

No artigo de hoje, citaremos 9 métricas importantes para mensurar o sucesso de um streaming. Confira! 

 

Começando por dados básicos

 

Número de visualizações/reproduções

 

A quantidade de visualizações é um dos dados mais usados para determinar o sucesso de um vídeo. Entretanto, essa métrica não deve ser analisada isoladamente, pois pode levar a conclusões superficiais.

Ainda assim, é uma informação relevante que dá os primeiros sinais do desempenho de um streaming. Se uma transmissão tem views muito baixas, já é um alerta de que algo precisa ser revisto na produção, execução ou divulgação do projeto. Já se o streaming tem um número de reproduções alto, é importante observar outras métricas conjuntamente.

 

Usuários únicos 

O número de usuários únicos corresponde a quantidade de pessoas que assistem o vídeo. Essa métrica independe do número de views. Isto é, mesmo que um indivíduo veja o mesmo conteúdo várias vezes, será contabilizado como um único usuário.

 Um streaming com muitas reproduções e poucos usuários únicos pode indicar que o conteúdo está preso a um nicho específico. Já se as visualizações são baixas, mas acessadas por muitas pessoas, demonstra que os vídeos não estão despertando interesse suficiente para os usuários voltarem. Nesse caso, é bom analisar outras métricas, como tempo de reprodução.

 

Número de assinantes/inscritos

Essa métrica é extremamente importante porque indica quantas pessoas estão interessadas em acompanhar seu conteúdo regularmente. O seu objetivo deve ser converter os usuários únicos em assinantes. Ou seja, em um público fiel, que não quer assistir apenas um vídeo específico, mas que pretende voltar ao seu canal mais vezes.

Se o número de inscritos for muito baixo em relação às visualizações e usuários únicos, é preciso pensar em estratégias para fidelizar esses visitantes. E, ao converter views em assinaturas, a meta é manter esse público sempre interessado. Por isso, analise que tipo de conteúdo possui mais adesão dos inscritos para definir o que produzir no seu canal.

 

Informações mais detalhadas

 

Nível de engajamento e interação

Além de assistir, seu público pode engajar com suas transmissões através de curtidas, comentários e compartilhamentos. Analisar esses dados ajuda a mensurar o alcance do seu conteúdo.

Se os seus vídeos tiverem pouco engajamento, significa que eles estão suscitando pouco debate e interesse nos espectadores, sem chance de viralização. Por outro lado, postagens com muitas reações precisam ser analisadas, para avaliar se a resposta do público é positiva ou negativa.

Caso as interações sejam desfavoráveis, é bom trabalhar para resolver o problema o mais rápido possível, para não afetar a reputação da empresa. 

 

Tempo de reprodução ou taxa de retenção 

Mensurar as visualizações é importante, mas é preciso ficar atento quanto à taxa de retenção. Isto é, quantos segundos ou minutos do vídeo o público está assistindo. Um conteúdo que tem muitas views, mas tempo de reprodução curto demonstra a falta de interesse dos espectadores em continuar assistindo. Dessa forma, outras métricas também acabam prejudicadas, como o engajamento, alcance e atração de novos assinantes. 

Para aumentar a taxa de retenção de um streaming, crie conteúdo relevante e sucinto. Não vale a pena investir em vídeos muito longos se o seu público não está disposto a assistir completo. 

Também, use títulos que chamem atenção dos espectadores (mas que sejam condizentes com o assunto tratado, nada de clickbaits!). Por fim, aposte em estratégias SEO, como o uso de tags, para alcançar novos usuários.

 

Pico de simultâneos

Esse dado apresenta qual minutagem do vídeo teve mais visualizações simultâneas. No caso de eventos em live streaming, como aulas, palestras, debates etc., é possível avaliar quais os momentos que mais geram interesse do público.

 

Taxa de abandono

Métricas como o pico de simultâneos e tempo de retenção podem ser analisadas em conjunto com a taxa de abandono. Esta última corresponde a quantidade de pessoas que saíram da transmissão antes do fim. Assim, você pode observar se esse número é maior em determinado momento do vídeo.

Se isso ocorrer, pode ser sinal de que o conteúdo é muito longo e maçante, e será preciso fazer algumas modificações no futuro. Ou, até mesmo, de que as transmissões apresentam problemas técnicos que dificultam a retenção de espectadores. Mudanças de estratégia também devem ser feitas se a taxa de abandono for alta em relação aos usuários únicos. 

Taxa de replay

Essa métrica é importante para avaliar o impacto de um vídeo. Quando um conteúdo é visualizado mais de uma vez por um mesmo usuário, significa que ele traz informações relevantes. Inclusive, pode ser sinal de que seu streaming se destacou em relação a outros do mesmo assunto. Pois, os espectadores preferem voltar para assisti-lo, ao invés de procurar por vídeos de outros canais.

 

Estatística vinculada às vendas 

Taxa de conversão 

Se o objetivo da sua empresa é utilizar o streaming para vender algum produto ou serviço, ou direcionar o espectador a outra página, considere a taxa de conversão. Essa métrica indica quantas pessoas (dentre as que assistiram a transmissão) clicaram nos seus links. É a chamada CTR (“Click Through Rate” ou taxa de cliques).

Para converter quem assiste o live streaming em consumidores da sua marca, pense em um bom CTA (Call To Action). Também, é importante que o conteúdo dos vídeos seja condizente com o que você quer vender para alcançar seu público-alvo com sucesso. 

 

Conheça a Spalla

 Se você trabalha com Educação à Distância, é necessário investir na melhor plataforma de streaming. A Spalla é uma Plataforma All in One para instituições de ensino na modalidade EAD. 

Faça transmissões ao vivo de suas aulas ou disponibilize conteúdo VoD para seus alunos através da melhor infraestrutura de distribuição no Brasil. Na Spalla, você pode manter seu conteúdo organizado em categorias, subcategorias e listas de reprodução e, ainda, ter acesso a métricas em tempo real. 

Essa plataforma permite também que os vídeos sejam convertidos automaticamente para vários formatos. Sendo assim, seus alunos podem acessar o streaming de qualquer dispositivo. Além disso, oferece proteção intensa aos vídeos, com até sete camadas de segurança, recursos antipirataria e criação de marca d’agua. 

Conheça mais sobre a Spalla no site e entre em contato conosco.

Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Precisa de ajuda?